quarta-feira, 3 de junho de 2020

Efeméride: Canguru


Faz hoje 48 anos que surgiu, em 3 de junho de 1972, o número 1 da revista Canguru.
Capa da revista Canguru.

segunda-feira, 1 de junho de 2020

Có-Có-Ró-Có nº 1


Revista da época em que não havia revistas de banda desenhada, mas revistas com banda desenhada. Neste caso uma revista destinada a crianças.
O número 1 da revista surgiu em 20 de dezembro de 1928, com 12 páginas. Tinha como diretora literária, Graciette Branco e diretor artístico Cardoso Lopes (Tiotónio).
Além do episódio publicado na capa, havia mais uma história de banda desenhada no seu interior, também da autoria de Tiotónio, com a personagem Zé Pacóvio.
A duração da revista seria breve, terminando no número 21 em 23 de maio de 1929.

sábado, 30 de maio de 2020

Humor curto: Educando o papá


Educando o papá, (Bringing up the father),  foi uma criação de George McManus em 12 de janeiro de 1913, com publicação até 28 de maio de 2000.
Fica aqui uma tira publicada no Jornal do Cuto número 112

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Golden City



Criada no argumento por Daniel Pecqueur e no desenho por Nicolas Malfin, esta série de ficção científica surgiu em 1999.
Goldencity é o nome de um navio-estado que possui uma população de privilegiados.
No primeiro episódio ocorre um estranho acidente com a esposa do presidente de Golden City, Harrison Banks, quando o aparelho onde voava se despenhou.
A investigação leva Harrison banques a terrenos desconhecidos, dando-lhe conhecimento da enorme conspiração que se ergue contra o seu poder.

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Da BD para o ecrã: Barba Ruiva


Série criada por Victor Hubinon e Jean-Michel Charlier.


Foi adaptada em 1997 para a televisão através de desenhos animados em 26 episódios de 26 minutos.

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Efeméride: Lucho Olivera


Faz hoje 78 anos que nasceu, em 25 de maio de 1942, o desenhador argentino Lucho Olivera.
 
Vinheta de Dick, o avançado centro desenhada por Lucho Olivera

Lucho Olivera faleceu em 11 de novembro de 2005

sábado, 23 de maio de 2020

Enrico Caruso


Enrico Caruso nasceu em Nápoles em 25 de fevereiro de 173 e há quem o considere o melhor temor de sempre. De origem pobre, começou a cantar serenatas para ganhar dinheiro que ajudasse no sustento da família. Em 1895 cantou a sua primeira ópera.
Uma audição com Puccini para a ópera La Boheme mudou o seu futuro.
Em 1902 gravou 10 árias, o que permitiu levar a sua voz onde não podia estar fisicamente.
Além da ópera Caruso também constituiu um repertório com canções napolitanas.
Faleceu com uma pneumonia em 2 de agosto de 1921.

Na coleção Vidas Ilustres, número 111, está uma biografia deste fantástico cantor,  por Manuel Moro no desenho, com argumento de Ana Maria Rico