quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Bob de Moor (2)

Em 1965 cria  série Balthazer e cinco anos mais tarde desenha um episódio de Lefranc.
Esteve para terminar a obra de Hergé, Tintin et Alpha-Art, inacabada pela morte do autor, mas os herdeiros de Hergé acabaram por decidir deixar ficar a obra incompleta.
Mas se a obra de Hergé não foi completada por Bob de Moor, já o mesmo não se passou com o episódio de Blake e Mortimer, que Edgar Pierre Jacobs não terminara, Mortimer contra Mortimer, que foi publicado em 1989.

É considerado um dos mais influentes autores do designado estilo da linha clara.

Balthazar é uma série humorística com episódios de uma ou duas páginas, com várias publicações na revista Tintin (Portugal) entre o 2º e o 5º ano, num total de 41 episódios.









quarta-feira, 20 de setembro de 2017

efeméride: Gil Jourdain

Faz hoje 61 anos, 20 de setembro de 1956, que surgiu a série Gil Jourdain, uma criação de Maurice Tillieux

Uma vinheta da série Gil Jourdain

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Bob de Moor (1)


Bob de Moor é um desenhador belga nascido em 20 de dezembro de 1925. Entre 1945 e 1949 publica em várias revistas belgas, até que em 1949 entra para a revista Tintin.
Cria várias séries em que se destacam Barelli, Monsieur Tric e Cori. Também é por essa época que ele inventa a famosa frase para a revista onde trabalhava, (A revista dos 7 aos 77 anos).
A partir de 1951 nos Estudios Hergé onde trabalha com Hergé em alguns dos pormenores da série Tintin e nos filmes de longa metragem desta série. Tem grande preponderância na modernização do traço dos primeiros episódios de Tintin, que sofreram grandes modificações em relação á sua edição original, com vista á sua edição em álbum.

Os trabalhos de Bob de Moor que encontrei na minha coleção são os que se seguem.
Episódio
Série
Publicação na minha coleção
Guerra aos piratas
Monsieur Tric
Cavaleiro Andante 111
 
A moto voadora
Monsieur Tric
Cavaleiro Andante 121
 
O assalto a Ravenburgo
Monsieur Tric
Cavaleiro Andante 135
 
O submarino fantástico
Monsieur Tric
Cavaleiro Andante 139
 
O último peão
Monsieur Tric
Cavaleiro Andante 203
 
Natal acidentado
Monsieur Tric
Cavaleiro Andante 312
 
As aparências iludem
Monsieur Tric
Cavaleiro Andante 356
O solar embruxado
Monsieur Tric
Cavaleiro Andante 358
 
Guardado está o bocado
Monsieur Tric
Cavaleiro Andante 428
 
O cavalo selvagem
Monsieur Tric
Tintin 44 do 1º ano
 
O submarino perdido

Cavaleiro Andante 435
Piratas de água doce

Cavaleiro Andante 479 a 494
 

sábado, 16 de setembro de 2017

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Alice no país das maravilhas

Em 1865 Alice caía na toca do coelho e assim se dava início a uma narrativa que encantou várias gerações de jovens adultos.
Alice no país das Maravilhas é uma obra de Lewis Carrol que narra as aventuras de uma menina num mundo de fantasia, a que teve acesso pela toca do coelho. Aí ai encontrar as mais estranhas personagens com quem se alia ou de quem tem que se defender.
No final, tudo não passa de um sonho.
As adaptações desta obra deverão ser muitas. Na minha coleção tenho cinco.

Alicia en el pais de las maravillas , por Chiqui de La Fuente
Alicia en el pais de las maravillas, na Coleção Joyas Literarias Juveniles, Trinidad Tinture Navarro 
 
Na revista Cavaleiro Andante, entre os números 1 e 26, de 5 de janeiro a  28 de junho de 1952. uma adaptação de Fernandes Silva
 

Na Coleção Histórias, numa edição em que a narração em banda desenhada intercalava as páginas só com o texto, permitindo as duas leituras de modo independente, com desenhos de Maria Barrera


Numa edição feita nos Estados Unidos em 1948, na coleção Classics Illustrated, com desenhos de Alex A. Blum.


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

efeméride: Mike Grell

Faz hoje 70 anos que nasceu, 13 de setembro de 1947, o autor norte-americano Mike Grell.

Warlord, um dos trabalhos de Mike Grell

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

A BD e a guerra: Ciel en Ruine

Ciel en Ruine é uma série sobre a II Guerra Mundial composta de cinco álbuns.
Com o argumento de Philippe Pinard e o desenho de Olivier Dauger, a série retrata o ambiente nos últimos meses da guerra no seio da força aérea alemã, através do piloto  Nikolaus Wedekind.
É um retrato cruel das relações que se estabelecem entre as  pessoas quando a derrota total está à vista e a esperança desaparece.
Bem documentada em termos técnicos, no que se refere à aviação, o desenho é sofrível na sua globalidade, com um ritmo narrativo fraco.

Ciel en Ruine, Alarmstart, Horrido, Piége en Pomeranie e Eden Hotel são os cinco álbuns da série.
Página de Horrido

Página de Eden Hotel

sábado, 9 de setembro de 2017

Bela, mas perigosa

Uma história delirante sobre a vinda à Terra de uma nave extraterrestre, que leva, quando parte, alguns terrestres através do universo.
Os terrestres são colocados nos mais inverosímeis cenários e perante situações completamente inesperadas. Mais do que desenvolver uma trama com princípio, meio e fim, esta narrativa é sobre alguns comportamentos humanos e sobre a forma de encarar o desconhecido.
Uma história que é um conjunto de metáforas sobre a humanidade.

História de Angus Mckie publicada na revista Heavy Metal, sob o título So Beautiful and So Dangerous e em Portugal no Jornal da BD entre os números 57 e 64.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Uma tira, uma vinheta: Big Ben Bolt

Estas vinhetas da fase em que a série foi desenhada por Joe Kubert, não são exatamente tiras completas. Tem todo o comprimento da tira, mas a largura é apenas cerca de metade.


quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Efeméride: Alex Raymond

Faz hoje 61, 6 de setembro de 1956,  anos que faleceu o desenhador Alex Raymond

Vinheta de Rip Kirby, uma das criação de Alex Raymond

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Automóveis (8)

Mais um conjunto de imagens de automóveis nas vinhetas da banda desenhada

 Dois modelos da Alfa Romeo
Desenhado por Al Williamson num episódio de Agente Secreto X-9
 
Por Chaillet  na série Lefranc
 

Um Ford Cortina desenhado por Turk na série Clifton, em Sete Dias para morrer
 
Coria  em Os guerreiros da sombra amarela, da série Bob Morane, desenhou este Jaguar.
 

Dois automóveis da marca Mercedes
Por Cosey  em O previlégio da serpente na série Jonathan

Na série Secção R, desenhado por Reding
 

Mais um automóvel desenhado por Turk. Um MG em Uma pantera para o coronel  na série Clifton
 

Reding a desenhar um Mini, mais uma vez em Secção R.
 

Por William Vance um Pontiac na série Bruno Brazil, no episódio Tudo ou nada: Alak 6.
 

Dois automóveis Rolls-Royce
Por Tibet na série Ric Hochet
 
Novamente Turk, na série Clifton
 


Tibet também volta a marcar presença. Desta vez a desenhar um furgão Vokswagen na série Ric Hochet.